Árbitro não cita na súmula bate boca com o jogador Walter

Um dos principais personagens do polêmico jogo entre Aparecidense e Goiás, que acabou empatado por 2 a 2, na tarde do último domingo, no Estádio Anibal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia, pela primeira rodada do Campeonato Goiano, o árbitro Bruno Rezende não citou na súmula a conversa ríspida com o atacante Walter do Goiás, ao final da partida.

O atacante esmeraldino acusou o árbitro Bruno Rezende de “mandar” ele emagrecer, após ter expulsado o volante Victor Bolt, em falta que saiu o gol de empate da Aparecidense.

Bruno citou apenas os detalhes da expulso do meio-campista Victor Bolt, aos 42 minutos do segundo tempo. Bruno coloca na súmula que o jogador esmeraldino foi expulso após calçar na disputa de bola o meio-campista Elias da Aparecidense.

Confira a súmula:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *