Goiás vence de virada o Fluminense na quarta fase da Copa do Brasil

O Goiás estreou com vitória na quarta fase da Copa do Brasil. Em jogo disputado na noite desta quinta-feira, no Serra Dourada, em Goiânia. Os gols do Verdão foram marcados no segundo tempo por Jean Carlos e Léo Gamalho, enquanto o atacante Marcos Júnior, anotou para o Tricolor no primeiro tempo.

O Fluminense abriu o placar aos nove minutos do primeiro tempo. Wellington Silva fez boa jogada pelo meio e descobriu Marcos Junior penetrando livre pela esquerda.  O atacante dominou e bateu cruzado, de pé esquerdo, para colocar nas redes.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, Carlos Eduardo foi lançado na corrida e acabou derrubado pelo goleiro Diego Cavalieri na entrada da área. O goleiro tricolor recebeu cartão vermelho direto. O técnico Abel Braga tirou o meia Sornoza para colocar o goleiro reserva Júlio César.

O Goiás chegou ao empate aos 38 minutos do segundo tempo. Jean Carlos recebeu na intermediária e mandou a bomba. A bola ainda bateu na trave antes de entrar.

Aos 39 minutos da etapa final o árbitro Marcelo Aparecido marcou pênalti para o Goiás, num lance que gerou revolta dos jogadores do Fluminense. Léo Gamalho cobrou e, aos 43, deu números finais ao duelo.

Nos acréscimos, depois de perder chance clara de marcar, com uma furada, Carlos Eduardo fez falta dura e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo excluído da partida.

Com o resultado, o Goiás pode empatar no jogo de volta, na próxima quarta-feira, no Maracanã, às 21h45, que se classifica para as oitavas de final. Uma vitória simples dá a vaga para o Fluminense. Em caso de triunfo por 2 a 1 para o Tricolor, a partida vai para os pênaltis. Vitória do Fluminense por um gol de diferença acima deste placar a vaga é do Esmeraldino, exemplo (3×2, 4×3).

 

FICHA TÉCNICA
GOIÁS-GO 2 X 1 FLUMINENSE-RJ

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 13 de abril de 2017 (Quinta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Cartões Amarelos: Helder, Patrick, Carlos Eduardo, Michael (Goiás); Pedro, Renato Chaves, Henrique (Fluminense)
Cartões Vermelhos: Carlos Eduardo (Goiás) e Diego Cavalieri (Fluminense)

Renda: R$ 194.220,00

Público: 15.005 pagantes
Gols: Jean Carlos 38’ 2T e Léo Gamalho 42’ 2T (Goiás); Marcos Júnior 9’ 1T (Flu)

GOIÁS: Marcelo Rangel, Hélder (Michael), Fábio Sanchez, Everton Sena e Jefferson (Aylon); Victor Bolt (Jean Carlos) Patrick, Tiago Luís e Léo Sena; Carlos Eduardo e Léo Gamalho
Técnico: Sílvio Criciúma

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Jefferson Orejuela, Wendel e Junior Sornoza (Júlio César); Wellington Silva, Henrique Dourado (Pedro) e Marcos Junior (Marquinhos Calazans)
Técnico: Abel Braga

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *