DE PRIMA: presidente da Anapolina está suspenso preventivamente

O presidente executivo da Anapolina Paulo Nelli está suspenso preventivamente por 30 dias da suas atividades à frente do clube colorado. O dirigente da Anapolina foi citado na súmula pelo árbitro André Luiz Castro, de proferir palavras de baixo calão, ofensas e ter o ameaçado de morte, no intervalo do jogo da última quarta-feira, quando a Anapolina empatou por 1 a 1, com a Aparecidense, no estádio Jonas Duarte, em Anápolis, pela quinta rodada do primeiro turno do Campeonato Goiano.

Paulo Nelli foi enquadro do artigo 243-C do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e pode pegar um gancho de até 120 dias de suspensão.

Art. 243-C. Ameaçar alguém, por palavra, escrito, gestos ou por qualquer outro meio, a causar-lhe
mal injusto ou grave. (Incluído pela Resolução CNE nº 29 de 2009).

PENA: multa, de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais), e suspensão de trinta
a cento e vinte dias. (Incluído pela Resolução CNE nº 29 de 2009).

 

O julgamento deve ser na próxima quinta-feira, às 9 horas da manhã no Tribunal de Justiça Desportiva de Goiás.

 

 

 

 

 

Um comentário

  1. Reply Post By Joel leite

    A máfia da arbitragem de Goiânia contra. A cidade de Anápolis. Este vagabundo e mal intencionado árbitro André Luiz Castro e um santinho. Dão moral demais para estes vagabundos e malandros da arbitragem em geral. Fazem e desfazem do jeito que querem e não são punidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *