Anápolis e Rio Verde rompem com Pitta e anunciam apoio a Lélio Júnior

Não demorou para o canto da sereia desafinar. Após reunião na manhã desta sexta-feira (31) com o empresário e desportista Lélio Vieira Carneiro Júnior, a diretoria do Anápolis Futebol Clube – um dos times mais tradicionais do futebol goiano, criado em 1946 e figurando na elite do futebol goiano – desembarcou da candidatura de André Pitta e fechou com a chapa Federação para os Clubes, que promete imprimir um novo ritmo na Federação Goiana de Futebol (FGF), profissionalizando e modernizando uma gestão que vai se pautar na transparência. E o Anápolis não vai sozinho.

Também nesta sexta-feira o Esporte Clube Rio Verde protocolou a retirada do seu nome da lista de apoiadores da turma que comanda a federação há mais de uma década. Os clubes querem sangue novo na gestão da FGF. Participaram da reunião, além de Lélio Júnior.; os presidentes executivo e do Conselho Deliberativo do Anápolis, respectivamente, Alberto Henrique e José Paulo Tinazo; o presidente do Anapolina, Paulo Nelli e o conselheiro do clube, André Hajjar; o vice-presidente do Conselho Deliberativo do Atlético Goianiense, Marcos Egídio; e o conselheiro do Goiás Jefferson Tanduí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *